Município intensifica fiscalizações de normas contra o Covid-19 aos fins de semana
CATEGORIA: SAÚDE - 25 DE JUNHO 2020

  386
Município intensifica fiscalizações de normas contra o Covid-19 aos fins de semana

Com o aumento considerável de pessoas procurando atendimento nos serviços de saúde de Paranavaí com sintomas de Coronavírus, a Prefeitura anunciou nesta quinta-feira (25) que está intensificando as ações de fiscalização das normas contra o Covid-19 na cidade, especialmente nos fins de semana. Segundo informações da Secretaria de Saúde, desde o início da pandemia mais de 100 estabelecimentos comerciais já foram notificados para correção de alguma irregularidade nas normas de enfrentamento à doença.

 

Nos últimos 15 dias, já foram realizadas duas operações chamadas de AIFU (Ação Integrada de Fiscalização Urbana), envolvendo, as polícias Militar e Civil, Corpo de Bombeiros, Guarda Municipal, Ditran, Vigilância em Saúde, Secretaria Municipal de Fazenda e Conselho Tutelar. Nove estabelecimentos comerciais, entre bares e lanchonetes, já foram multados em R$ 5 mil cada um (conforme previsto na Lei Municipal nº 4.816/2020) por estarem descumprindo as normas previstas para o enfrentamento ao Covid-19.

 

“Estamos recebendo muitas denúncias de aglomerações de pessoas, de estabelecimentos comerciais que não estão cumprindo com as normas estabelecidas para a reabertura das atividades. A nossa percepção é de que as pessoas estão relaxando nos cuidados contra o Covid, não estão dando a devida atenção aos riscos de contaminação. Muita gente está andando pelas ruas sem máscaras e, pior, muitos estabelecimentos comerciais estão permitindo que as pessoas entrem e muitas vezes até permaneçam (consumindo alimentos, fazendo compras) sem máscara. Nos fins de semana a situação tem sido ainda mais preocupante, com gente se reunindo nos barzinhos, lanchonetes, postos de combustível e até mesmo nas ruas, sem se preocupar com a proteção. Por isso, decidimos por intensificar e sermos ainda mais rigorosos com as ações de fiscalização pela cidade, principalmente nos fins de semana”, destaca a secretária de Saúde do município, Andréia Vilar.

 

Na avaliação da secretária, “não é o momento de acharmos que podemos nos sentir confortáveis e relaxarmos com os cuidados. Estamos na fase mais crítica de transmissão e, apesar de não termos (neste momento) casos agravados da doença, temos um número alto de pessoas suspeitas sendo monitoradas, que podem estar com o vírus. A Secretaria de Saúde tem aproximadamente 200 pessoas na lista de monitoramento diário. São casos confirmados da doença que ainda estão em período de transmissão (14 dias de início dos sintomas) e pessoas que estão com sintomas aguardando resultados de exames”. 

 

Segundo o prefeito KIQ, o município tem recebido críticas com relação às ações de fiscalização, “nem por isso vamos deixar de fiscalizar. Pelo contrário: vamos apertar mais, até que as pessoas entendam a seriedade da situação. Não queremos tomar medidas radicais e voltar a fechar tudo novamente, mas todo mundo tem que fazer sua parte para que nós consigamos sair dessa da melhor maneira possível. Por isso, temos insistido em orientar para que os donos de bares, lanchonetes, postos de combustíveis, cumpram todas as normas, não permitam pessoas entrando sem máscara, não permitam aglomerações em seus estabelecimentos nem próximo a eles. Se houver uma fiscalização e tiver aglomeração de pessoas, mesmo que seja em frente ao estabelecimento (como determinado em Decreto), o proprietário é que vai ser multado e pode responder criminalmente por isso”, enfatiza KIQ.

 

 



© COPYRIGHT 2017 - CNPJ: 76.977.768/0001-81 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.