Decisões do COE: mercados voltam a abrir aos domingos e comércios podem atender crediário
CATEGORIA: COMUNICAÇÃO - 02 DE ABRIL 2020

  2144
Decisões do COE: mercados voltam a abrir aos domingos e comércios podem atender crediário

A reunião do COE (Comitê de Operação Emergencial) na manhã desta quinta-feira (2) resultou em duas importantes decisões. A primeira é a volta do atendimento ao público nos mercados e supermercados aos domingos. Além disso, os comércios que possuem setor de crediário terão permissão para atender os consumidores, exclusivamente para recebimento de parcelas, a partir desta sexta-feira, dia 3 de abril. As duas medidas estarão em um novo Decreto que será publicado amanhã no Diário Oficial dos Municípios.


“A regulamentação para a reabertura gradativa e organizada do comércio está sendo discutida nas reuniões do COE Econômico. Este é um assunto que está sempre em pauta e a cada 48 horas estamos reavaliando a situação com o Comitê. Inicialmente, a decisão pelo fechamento dos mercados e supermercados aos domingos foi tomada, inclusive, com base em um pedido dos estabelecimentos para reorganizar as escalas de trabalho e folga do pessoal. A experiência do último fim de semana nos deixou bastante preocupados, já que percebemos que as pessoas se aglomeraram nos mercados no sábado, sabendo que não iam abrir no domingo. Nossa intenção, com a volta da abertura dos mercados aos domingos, é que as pessoas se organizem para ir fazer suas compras sem tumulto e sem causar aglomerações”, destacou o prefeito KIQ.


Outra medida que será adotada a partir desta sexta-feira (3) é a permissão para que os comércios que possuem setor de crediário possam atender os consumidores para o recebimento de parcelas. “É importante que fique claro que os comércios não vão abrir as portas para vendas e atendimento ao público em geral. Será permitido apenas que os setores de crediário funcionem, já que muitas empresas não têm a opção de pagamento on-line para os clientes e precisam desses recebimentos inclusive para pagar seus funcionários. As lojas e outros comércios que têm crediário podem atender seus clientes a portas fechadas, com número limitado de pessoas e respeitando todas as normas de prevenção ao Covid-19”, explicou o Procurador Geral do município, Benjamim Marçal Costa.


Benjamim frisou ainda que o novo Decreto vai conter informações mais detalhadas sobre os serviços permitidos e de que maneira eles podem funcionar. “Por exemplo: os serviços internos das empresas e escritórios, como os setores de Recursos Humanos, folha de pagamento, administrativo, estão permitidos desde o início. De que maneira? Com restrição de no máximo duas pessoas por setor, com a recomendação de home office para os departamentos em que seja possível o funcionário executar as atividades de casa, com recomendação de liberação dos funcionários que façam parte do grupo de risco. Temos sido procurados por várias pessoas com dúvidas sobre algumas dessas regulamentações. Por isso, vamos detalhar mais as regras para que seja de fácil compreensão para todos”, finalizou.
 

 



© COPYRIGHT 2017 - CNPJ: 76.977.768/0001-81 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.