Número de atendimentos nas unidades de saúde já é 46% menor que em 2019
CATEGORIA: SAÚDE - 27 DE MARçO 2020

  541
Número de atendimentos nas unidades de saúde já é 46% menor que em 2019

Um levantamento feito pela Prefeitura de Paranavaí aponta que o número de atendimentos nas unidades de Saúde do município já é 46% menor do que em 2019. O relatório levou em consideração os dados cadastrados entre os dias 19 e 26 de março, período em que o isolamento social para o enfrentamento do Covid-19 teve maior adesão na cidade.

 

“Estamos monitorando os atendimentos em 24 unidades de Saúde do município, englobando a UPA 24 horas, as UBSs (Unidades Básicas de Saúde), os CAPS, UAM (Unidade de Atendimento Médico), SINAS (Sistema Integrado de Atendimento em Saúde) e Academia da Saúde. De 19 a 26 de março de 2019, somamos 6.560 atendimentos nos equipamentos de Saúde do município. No mesmo período deste ano, o número caiu para 3.549 atendimentos, uma redução de 46%. Para nós, isto mostra que a população entendeu a importância de adotarmos medidas de distanciamento e isolamento social neste momento para a redução da circulação viral do Covid-19”, explica a coordenador do Estratégia Saúde da Família (ESF), Talita Purificação Ferreira.

 

Dois números de atendimentos chamam a atenção no relatório elaborado pela Secretaria Municipal de Saúde. O primeiro é o da UPA 24 horas, o equipamento de Saúde mais procurado pela população em Paranavaí. De 19 a 26 de março de 2019, a UPA realizou 1.245 atendimentos. No mesmo período deste ano, foram o número caiu para 705. 

 

A relação contrária aconteceu na UBS Centro. De 19 a 26 de março de 2019, o posto de saúde registrou 256 atendimentos. Já no mesmo período deste ano, foram 407. “A relação inversa com o aumento no número de atendimentos na UBS Centro se deve ao fato de termos transformado o posto de saúde em unidade de referência para os casos suspeitos de Covid-19 em Paranavaí. Os pacientes com suspeita da doença foram todos direcionados para a UBS Centro e as outras UBSs ficaram responsáveis pelos atendimentos da Atenção Básica com as equipes de ESF e os atendimentos dos casos de dengue”, frisa Talita. 

 

E importante lembrar que, neste período de orientações e determinações referentes ao distanciamento social, a população só deve procurar o atendimento nas UBSs em casos realmente indispensáveis. “As consultas de rotina, procedimentos eletivos (de especialidades) e qualquer outro serviço que não seja emergencial, estão temporariamente suspensos. As equipes das UBSs estão orientadas a só atender casos mais graves, onde o paciente está com alguma infecção, ou casos em que as pessoas estão com dor contínua e não podem esperar. Fora disso, estão liberados apenas os acompanhamentos de pré-natal para as grávidas e as renovações de receita necessárias. Além dos atendimentos especificados, os postos de saúde também estão atendendo pacientes com sintomas de dengue”, lembra a coordenadora do ESF. 

 

A Secretaria Municipal de Saúde reforça ainda que todos os casos de pessoas com sintomas de síndrome gripal ou suspeita de Coronavírus (Covid-19) procurem o atendimento exclusivamente na UBS Centro, que á unidade de referência para casos da doença.
 

 

 



© COPYRIGHT 2017 - CNPJ: 76.977.768/0001-81 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.