Paranavaí fechou 2019 como o 34º município que mais gerou empregos no Estado
CATEGORIA: DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E TURISMO - 24 DE JANEIRO 2020

  203
Paranavaí fechou 2019 como o 34º município que mais gerou empregos no Estado

O Ministério da Economia divulgou nesta sexta-feira (24) os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) referentes ao mês de dezembro de 2019. Com o lançamento dos dados, Paranavaí fechou o último ano como o 34º município que mais gerou empregos no Estado do Paraná.

 

No acumulado do ano (de janeiro e dezembro de 2019), Paranavaí abriu 231 novos postos de trabalho com carteira assinada, resultado de 8.895 admissões contra 8.664 demissões. O saldo coloca o município em 34º no ranking do Estado, considerando o acumulado do ano, à frente de cidades de igual ou maior porte como Cianorte (41º), Umuarama (42º), Apucarana (47º), Londrina (51º) e Paranaguá (58º).

 

Somando os últimos três anos, Paranavaí apresenta um saldo positivo de 1.147 novos postos de trabalho criados. Isso mostra um aquecimento gradativo da economia na cidade.

 

Mês de dezembro – Depois de registrar sete meses consecutivos de saldo positivo, em dezembro de 2019 Paranavaí registrou 441 admissões com carteira assinada e 882 demissões, o que resultou em um saldo negativo de -441. Com esse saldo, o município caiu para a 54ª posição no ranking do Paraná no mês de dezembro. Mesmo com o resultado negativo, Paranavaí ainda ficou à frente de grandes centros comerciais do Estado, como Ponta Grossa (-819), São José dos Pinhais (-897), Cascavel (-1.055), Londrina (-1.551), Maringá (-1.784) e a capital Curitiba (-6.136) que registrou o pior saldo do Paraná no mês de dezembro.

 

Balanço - “É importante destacar que apenas oito municípios do Paraná ficaram com saldo positivo na geração de empregos no último mês de 2019. Este resultado negativo de dezembro já era esperado por conta de dois fatores fundamentais: o final do período de safra, quando há dispensa de muitos funcionários das lavouras; e o término dos contratos de trabalho temporários, daquelas pessoas que foram contratadas especificamente para reforçar os estabelecimentos comerciais no período de compras de fim de ano. Ainda assim, o resultado do acumulado do ano foi muito positivo. Em 2019 tivemos apenas três meses com saldo negativo – março, abril e dezembro. Nos outros nove meses do ano foi possível trabalhar com uma boa oferta de empregos na cidade. E a expectativa agora é, que com o início do ano, haja uma retomada nas contratações efetivas, já que muitas empresas estão ampliando suas atividades na cidade e estão em busca de profissionais qualificados para ocupar novas vagas”, avalia o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Carlos Emanuel Rodrigues.
 

 

 



© COPYRIGHT 2017 - CNPJ: 76.977.768/0001-81 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.