Prefeitura já recebeu quase 50% do valor lançado para o IPTU 2019
CATEGORIA: FAZENDA - 19 DE MARçO 2019

  373
Prefeitura já recebeu quase 50% do valor lançado para o IPTU 2019

Um levantamento feito pela Secretaria Municipal de Fazenda apontou que até o dia 9 de março, a Prefeitura recebeu 49,81% do valor lançado para o IPTU 2019. Ou seja, dos pouco mais de R$ 27,5 milhões cobrados, aproximadamente R$ 13,8 milhões já entraram para os cofres públicos, com os contribuintes aproveitando as opções de desconto para o pagamento à vista. 

 

Do total de 47.331 contribuintes do município, 35.389 (74,76%) já estão com o IPTU 2019 quitado. Considerando os contribuintes que optaram pelo parcelamento dos valores devidos, a progressão da Prefeitura é de receber mais de R$ 824 mil só com os parcelamentos.

 

“Em 2018 recebemos aproximadamente 63% do valor lançado durante o ano todo. A expectativa é recebermos algo em torno de R$ 18 milhões este ano e aumentar o percentual de arrecadação. O aumento na arrecadação reflete o nível de confiança da população na administração municipal. Além disso, o momento econômico está mais tranquilo e em Paranavaí estamos conseguindo manter um bom equilíbrio financeiro e reverter os valores arrecadados com o IPTU em melhorias nas áreas prioritárias, como a Infraestrutura, Saúde e Educação”, avalia o secretário de Fazenda do município, Gilmar Pinheiro.

 

Revisão e Isenção – Os contribuintes que quiserem solicitar a revisão ou isenção do imposto devem ficar atentos ao prazo. Idosos com mais de 65 anos, viúvos, aposentados e pensionistas que tenham uma renda individual de até dois salários mínimos, sejam proprietários de um único imóvel e residam no local, podem pedir a isenção do pagamento da taxa de IPTU junto ao setor de protocolo da Prefeitura. O mesmo vale para deficientes físicos e portadores de doenças especiais (com renda individual de até três salários mínimos), imóveis com até 70 m² (que não seja apartamento e com renda familiar de até dois salários mínimos) e imóveis localizados em área de erosão num raio de 100 metros. As solicitações de isenção para o exercício de 2019 deverão ser realizadas até o dia 31 de maio.  

 

O contribuinte que não concordar com o valor do IPTU e da taxa de coleta do lixo pode pedir uma revisão nos cálculos através de um requerimento que deve ser retirado no setor de protocolo mediante a apresentação do carnê (IPTU ou taxa do lixo) e do CPF. A data limite para os pedidos de revisão é 11 de abril.

 

 



© COPYRIGHT 2017 - CNPJ: 76.977.768/0001-81 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.