Lançamento da 2ª Coletânea Plantando Palavras, Colhendo Sonhos reuniu mais de mil pessoas
CATEGORIA: EDUCAÇÃO - 29 DE NOVEMBRO 2018

  149
Lançamento da 2ª Coletânea Plantando Palavras, Colhendo Sonhos reuniu mais de mil pessoas

Foi muito prestigiado o evento de lançamento da 2ª Coletânea de Textos e Desenhos Plantando Palavras, Colhendo Sonhos, elaborada por escritores das escolas da rede municipal de ensino. Mais de mil pessoas foram até o salão da Casa da Criança na noite de quarta-feira (28) para conferir as produções textuais e ilustrações dos alunos da Educação Infantil, Ensino Fundamental do 1º ao 5º ano, Educação de Jovens e Adultos (EJA) e Educação Especial.

 

O projeto foi trabalhado nas salas de aula durante o ano com o objetivo de incentivar a prática textual e a produção de desenhos artísticos, tirando o aluno da posição de um simples leitor para se tornar um autor, um produtor de conteúdo. Cada escola e Centro de Educação Infantil selecionou um desenho, frase ou texto de cada ano (série) e enviou para a Secretaria de Educação para a edição da coletânea que, ao todo, reuniu 228 trabalhos.

 

“Hoje é um dia especial para a Educação, porque reunimos as nossas escolas para trazer aos pais e familiares e à sociedade a nossa Coletânea. Este livro retrata todo o trabalho feito nas nossas escolas e CMEIs durante todo o ano. Trabalhar com as nossas crianças a leitura e a produção de textos é parte fundamental da formação dos nossos alunos. É através disso que eles podem ter sucesso em todas as disciplinas. A criança que muito lê, que produz, é a que tem destaque e sucesso na vida escolar e na carreira profissional futura. É da leitura e da escrita que depende a matemática, a história, a física, a química, o médico, o biólogo, o contador. Esta Coletânea só vem mostrar que a nossa Educação está fazendo um excelente trabalho e contribuindo para a formação de cidadãos conscientes de seu papel na sociedade”, avaliou a secretária de Educação, Adélia Paixão.

 

Para a supervisora da secretaria de Educação (Seduc) e responsável pela Coletânea, Maria Tereza Pátaro, o livro é resultado de todo o trabalho feito durante o ano e é um grande prêmio para alunos, pais e professores. “Ao receber um exemplar da Coletânea, os pais poderão conhecer melhor como é o trabalho feito dentro dos CMEIs e das escolas. É uma novidade para esta edição da Coletânea, onde através do relato pedagógico, nós podemos saber como a criança chegou até aquele texto ou desenho. É um trabalho riquíssimo desenvolvido nas nossas instituições de ensino. A comunicação escrita é fundamental para qualquer profissional e nós estamos preparando estas crianças para o futuro. A criança que lê e escreve bem, também é capaz de interpretar bem o mundo. E é muito gostoso quando abrimos esta coletânea e vemos o desenvolvimento de uma criança através destes trabalhos. Cada frase e desenho tem um significado muito grande para os nossos alunos. É através deles que a criança expressa suas impressões do mundo”, destacou.

 

Cada aluno que teve um desenho, texto ou frase publicado na coletânea, ganhou um exemplar do livro. As escolas e CMEIs também foram presenteadas com um kit de exemplares da coletânea para compor o acervo da instituição. Os exemplares não tiveram nenhum custo para os alunos nem para as escolas e CMEIs.

 

Concurso de ilustrações - Para incentivar ainda mais a participação das crianças, a Secretaria de Educação promoveu um Concurso de Ilustrações para compar a capa e a contracapa da Coletânea Plantando Palavras, Colhendo Sonhos. A contracapa foi montada com ilustrações que concorreram nas categorias Educação Infantil, Educação Especial e Educação Fundamental (1º ao 5º ano).

 

Na categoria Educação Infantil houve um empate. As alunas Sophia Vieira dos Santos (CMEI Menina Isabela - professora Kátia de Araújo dos Santos Andrade) e Mariane Santos Nakanishi (CMEI Isbela Felippe - professora Clarice Lopes Teixeira), foram as premiadas nesta categoria.

 

A vencedora da categoria Educação Especial foi a aluna Beatriz Ramos Fraga (Escola Municipal Neusa Braga - professora Ely Regina Branco). E na categoria Ensino Fundamental (1º ao 5º ano), a premiada foi a aluna Lívia Camila Sabino da Silva (Escola Municipal Dr. José Vaz de Carvalho - professora Ivanete Aparecida Giovanini). 

 

O grande campeão do Concurso de Ilustrações teve seu desenho escolhido para ser a capa da Coletânea. O desenho escolhido foi do aluno Sheldon Alexandre de Oliveira Gois (Escola Municipal  Jayme Canet - professora Helen Cristina Magni).

 

 

Galeria de Fotos





© COPYRIGHT 2017 - CNPJ: 76.977.768/0001-81 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.