Mais de 1.800 pessoas prestigiaram os cinco dias de apresentações do FEMUP
CATEGORIA: CULTURA - 20 DE NOVEMBRO 2018

  289
Mais de 1.800 pessoas prestigiaram os cinco dias de apresentações do FEMUP

Paranavaí comemorou os 53 anos de história de um dos maiores festivais culturais do país, em grande estilo. Este ano, o FEMUP (Festival de Música e Poesia de Paranavaí) teve cinco dias de programação. Um público estimado de 1.850 pessoas prestigiou os 210 artistas e escritores de todo o Brasil, que mostraram todo seu talento e sensibilidade artística durante o Femupinho, a Tarde Cultural do FEMUP, as Leituras Dramatizadas dos Contos selecionados, workshops e as duas noites de gala com as músicas e declamações das categorias Regional e Nacional. 

 

“Este FEMUP foi bem diferente, com a maioria das apresentações sendo realizadas num espaço aberto (Praça Rodrigo Ayres de Oliveira). Mas tinha muita emoção envolvida. Ouvimos muitas declarações de gratidão dos artistas por poderem estar na nossa cidade e participar de um evento tão singular e importante. A comunidade participou, não só indo prestigiar as apresentações, mas disseminando esse sentimento de orgulho pela nossa cultura através das redes sociais, com fotos durante o evento e junto aos elementos que compunham o cenário dessa edição do FEMUP. Era nítida a emoção dos escritores ao ouvirem seus contos ou poemas sendo lidos e declamados, e também dos músicos ao cantar e receber o seu trófeu Barriguda”, destacou a presidente da Fundação Cultural, Rosi Sanga.

 

 

Confira o depoimento de alguns artistas sobre a participação no FEMUP:

“E lá se foi mais uma edição do querido FEMUP, o qual tenho a maior alegria e satisfação em ter participado! Poesias, músicas e contos abrilhantaram este fim de semana. Aprendizados e trocas de experiências fizeram parte deste espetáculo cultural lindo. Até a próxima FEMUP! Já sinto saudades...” (Danny Bonetti)

 

“Lindo evento e fantástica troca de experiência! Estar em contato com a arte faz um bem imenso. Obrigado a todos por terem proporcionado estes dias que sempre me lembrarei.” (Guilherme Fischer)

 

“FEMUP onde a arte resiste” / “Quando você recebe seu próprio Oscar” (Ricardo Chagas, em referência ao momento em que recebeu seu troféu ‘Barriguda’)

 

“Já tenho, em mãos, a cobiçada ‘Barriguda’ de Paranavaí!” (André Luis Soares)

 

“Estou imensamente feliz por essa tão grandiosa conquista, que me deixou totalmente fora do prumo: depois de anos de dedicação à literatura, ter o meu nome escrito na ‘Calçada da Fama’ do FEMUP, um dos mais tradicionais e importantes prêmios nacionais, considerado o ‘OSCAR’ brasileiro da música e da literatura! Como cantaria Gonzaguinha: – Não dá mais pra segurar: Explode, Coração!” (Geraldo Trombin)

 

"Dias inesquecíveis em Paranavaí! O FEMUP é multidão com um só coração! Muito obrigado a todos, povo da poesia, do conto, da música, da declamação, do teatro, da arte e da vida!" (André Kondo)

 

 



© COPYRIGHT 2017 - CNPJ: 76.977.768/0001-81 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.