Prefeito KIQ visita Câmara e esclarece dúvidas de vereadores
CATEGORIA: COMUNICAÇÃO - 09 DE OUTUBRO 2018

  1455
Prefeito KIQ visita Câmara e esclarece dúvidas de vereadores

O prefeito KIQ esteve nesta segunda-feira (8) na Câmara de Vereadores para esclarecer assuntos referentes à administração. A sua presença foi solicitada pelo vereador Aldrey Azevedo e aprovada pelos demais. Por mais de uma hora, o prefeito falou sobre as dívidas do município e investigações que foram e estão sendo feitas no âmbito da administração.

 

“O município de Paranavaí tem uma dívida muito grande no Instituto de Previdência, o montante passa de R$ 800 milhões. Estamos fazendo contribuições para tentar controlar esse problema e, ao longo dos anos, diminuir esse número. Recentemente fizemos um projeto, que foi aprovado pela Câmara, para aumentar o aporte de recursos financeiros e cobrirmos esse rombo. Esse é um problema que não explodiria na minha gestão, mas faço questão de colocar tudo de maneira transparente e trabalhar para resolver os problemas da cidade. Amanhã deixo de ser prefeito, volto a ser cidadão e quero uma cidade cada vez melhor para se viver”, explicou o prefeito.

 

Ainda no campo econômico, KIQ esclareceu que as dívidas do município vêm crescendo consideravelmente ao longo dos anos, mas que essa é uma medida necessária para conseguir recursos. “O município procura financiamentos com  o Governo do Estado e a União para conseguir mais recursos, isso faz parte. Em 2000 a dívida era de pouco mais de R$ 7 milhões. Em 2017 o  valor da dívida já está em R$ 70 milhões. Pagamos mensalmente mais de R$ 800 mil nesses financiamentos”.

 

Questionado sobre uma possível extinção de cargos ou secretarias, o prefeito esclareceu que não basta fazer algo com viés populista sendo que o resultado seria ineficiente. “Quando me elegi, estava convicto em acabar com a Secretaria de Comunicação. Porém, fiz o contrário, contratamos pessoas capacitadas, deixamos de ser dependentes da agência de publicidade e os resultados são fantásticos. Os gastos que antes ultrapassavam R$ 1 milhão por ano, hoje são de aproximadamente R$ 140 mil. Não extinguimos a Secretaria, mas fizemos ela prestar um serviço de qualidade e gerar economia. Isso é eficiência”, afirmou KIQ.

 

Outro assunto levantado foi relacionado às associações de bairros. KIQ disse que analisou notas fiscais, contratos e prestações de contas para poder afirmar que existem irregularidades. “Tem associação que há 20 anos está reformando a sede e nunca levantou uma parede. Não é possível que não haja coisa errada. Temos um levantamento detalhado de tudo e vamos tomar as medidas necessárias, com ajuda da Câmara, para que o dinheiro público possa ser investido com responsabilidade. Quando as associações recebiam dinheiro sem medidas, todo mundo queria ser o presidente. Hoje, que não possui mais recurso público, ninguém quer”, enfatizou.

 

 

Galeria de Fotos





© COPYRIGHT 2017 - CNPJ: 76.977.768/0001-81 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.