Paranavaí fecha agosto com saldo positivo na geração de empregos
CATEGORIA: DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E TURISMO - 24 DE SETEMBRO 2018

  95
Paranavaí fecha agosto com saldo positivo na geração de empregos

O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) divulgou na sexta-feira (21), os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) referentes ao mês de agosto. Paranavaí fechou novamente o mês com saldo positivo. Em agosto, Paranavaí registrou 844 admissões com carteira assinada e 720 demissões, o que significou a abertura de 124 novos postos de trabalho.

 

No ranking do Estado, Paranavaí aparece como a 22ª cidade que mais gerou empregos empregos no mês de agosto. As três cidades que mais abriram novos postos de trabalho foram Curitiba (+2.811), São José dos Pinhais (+598) e Londrina (+540).

 

Paranavaí aparece à frente de outros centros de mesmo porte e até maiores, como Campo Mourão (saldo de +108), Arapongas (saldo de +81), Paranaguá (saldo de -63) e Toledo (saldo de -66).

 

Os setores que mais geraram empregos em Paranavaí no mês de agosto foram o setor de serviços, com 70 novos postos de trabalho, a indústria da transformação (+39) e o comércio (+32). Depois de dois meses consecutivos como o setor que mais gerou empregos na cidade, a agropecuária fechou agosto com saldo negativo (mais demissões do que contratações) de -24.

 

No acumulado deste ano, Paranavaí tem um saldo positivo de 407 novos postos de trabalho, resultado de 8.654 admissões com carteira assinada e 8.247 demissões. Com este resultado, o município continua à frente de cidades como Apucarana (saldo de -179), Londrina (saldo de -581) e Umuarama (saldo de -1.377).

 

Situação no país e no Estado – O Brasil criou 110.431 vagas com carteira assinada em agosto, resultado de 1.353.422 contratações e 1.242.991 demissões. Este é o melhor resultado para o mês desde 2013 (+127.648). Em agosto do ano passado o país havia aberto 35.457 vagas.

 

De janeiro a agosto, o país totalizou 568.551 novas vagas com carteira assinada. Se mantiver a tendência até o fim do ano, o Brasil terá interrompido uma sequência de três anos de queda, já que foram perdidos mais de 2,88 milhões de empregos formais entre 2015 e 2017.

 

O Paraná também encerrou agosto com o melhor desempenho na geração de empregos para o mês desde 2013. Segundo o levantamento do Caged, foram criados 10.399 novos empregos com carteira assinada.

 

De janeiro a agosto, o estado acumula um saldo positivo de 45.102 postos de trabalho criados. Neste caso, o desempenho é o melhor do Paraná desde 2014.

 

 



© COPYRIGHT 2017 - CNPJ: 76.977.768/0001-81 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.