Procon apura possíveis irregularidades em aumento de preços dos combustíveis
CATEGORIA: PROCURADORIA GERAL - 23 DE MAIO 2018

  297
Procon apura possíveis irregularidades em aumento de preços dos combustíveis

O Procon de Paranavaí realizou especialmente neste mês duas pesquisas de preços nos postos de combustível de Paranavaí. A primeira pesquisa foi realizada no dia 17 mas, devido a greve dos caminhoneiros em todo o país, o Procon realizou nesta quarta-feira (23) uma nova pesquisa para apurar se há irregularidades na grande variação de preços nos combustíveis.

 

“Nós fazemos mensalmente uma pesquisa para informar à população como estão os preços em cada posto de combustível da cidade. Por conta da falta de combustíveis nos postos devido à greve dos caminhoneiros, nos sentimos na obrigação de fazer outra pesquisa para verificar os aumentos e apurar possíveis práticas abusivas de acordo com artigo 39 do Código de Defesa do Consumidor”, explica o coordenador do Procon, Carlos Eduardo Balliana.

 

A pesquisa indica que, em alguns casos, os empresários podem ter se aproveitado do momento para aumentar os preços. Em um posto da cidade, o preço da gasolina comum subiu R$ 0,43 (10%) em menos de uma semana.

 

“Vamos apurar a forma de atuação dos comércios de combustíveis de Paranavaí e como agiram diante da situação da falta de combustíveis na cidade. Se houve justa causa para o aumento ou se houve o aumento como forma de se aproveitar da situação da parada dos caminhões para aumentar os lucros e, consequentemente, exigindo do consumidor vantagem excessiva e sem justa causa”, afirmou Balliana.

 

Comparando a pesquisa desta quarta-feira com a do dia 17, é possível constatar que o menor preço da gasolina comum subiu R$ 0,17 centavos (de R$ 4,20 para R$ 4,37), o maior preço subiu R$ 0,26 centavos (de R$ 4,49 para R$ 4,75) e o preço médio subiu R$ 0,24 centavos (de R$ 4,31 para R$ 4,55).

 

Os preços médios dos demais combustíveis também sofreram alterações. A gasolina aditivada subiu de R$ 4,34 para R$ 4,59 (aumento de R$ 0,25); o etanol subiu de R$ 2,80 para R$ 3,00 (aumento de R$ 0,20); o diesel S-10 subiu de R$ 3,60 para R$ 3,78 (aumento de R$ 0,18); e o diesel comum subiu de R$ 3,56 para R$ 3,71 (aumento de R$ 0,15). 

 

Pesquisa dia 23 – O litro do etanol foi o que apresentou maior variação – 16,49%, com menor preço encontrado a R$ 2,79 e o maior a R$ 3,25.

 

Com relação à gasolina aditivada, a variação foi de 9,1%, com preços oscilando entre R$ 4,39 e R$ 4,79. Já o preço do litro da gasolina comum foi encontrado com menor preço a R$ 4,37 e o maior a R$ 4,75, uma variação de 8,70 %. O diesel comum foi encontrado entre R$ 3,55 e R$ 3,87, variação de 9,01%. Por fim, o último preço verificado foi do diesel S-10, que foi encontrado entre R$ 3,64 e R$ 3,99 – variação de 9,62%.

 

 



© COPYRIGHT 2017 - CNPJ: 76.977.768/0001-81 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.