Quase 4,7 mil pessoas dos grupos prioritários ainda não se vacinaram contra gripe em Paranavaí
CATEGORIA: SAÚDE - 22 DE MAIO 2018

  217
Quase 4,7 mil pessoas dos grupos prioritários ainda não se vacinaram contra gripe em Paranavaí

A Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe vai até o dia 1º de junho e em Paranavaí, quase 4.700 pessoas que fazem parte dos grupos prioritários ainda não receberam a dose da vacina trivalente que protege contra a gripe comum (tipo B) e duas gripes do tipo A (H1N1 e H3N2). A Secretaria de Saúde tem feito vários esforços, abrindo as salas de vacina em dias e horários especiais, mas a procura pela vacina ainda está baixa.

 

“Para se ter ideia, no último sábado, dia 19, abrimos a UBS Central o dia todo para a vacinação contra a gripe. É um local estratégico, bem no centro da cidade, ao lado do terminal urbano, não choveu, o comércio só ficou aberto na parte da manhã, e ainda assim aplicamos apenas 47 doses da vacina. Destes, só cinco eram crianças de 6 meses a menores de 5 anos (4 anos, 11 meses e 29 dias), que é o grupo prioritário que mais está nos preocupando por estar com o percentual mais baixo de cobertura vacinal (64,25%). Os pais precisam ficar atentos e procurar pela vacina antes que o frio mais intenso comece, pois o grupo das crianças é um dos que têm maiores riscos”, aponta a coordenadora de Imunização do município, Míryan Jordão.

 

Em Paranavaí, a expectativa é de vacinar 21.064 pessoas dos grupos prioritários nesta primeira etapa da campanha, que vai até o dia 1º de junho. Até agora, 77,88% das pessoas que fazem parte destes grupos foram vacinadas.

 

Para ser imunizado, basta procurar uma das salas de vacina nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) do município, que funcionam de segunda à sexta-feira, das 8h às 11h30 e das 14h às 16h. É necessária a apresentação da carteira de vacina, documento de identificação pessoal com foto e, para as grávidas, a carteira de gestante. As pessoas com doenças crônicas devem apresentar ainda a prescrição médica especificando o motivo da indicação da vacina (o CID de identificação da doença), e o professores precisam apresentar a declaração da instituição de ensino onde trabalham (timbrada, assinada e carimbada pelo diretor).

 

Familiares que têm pacientes acamados, deverão entrar em contato com a UBS mais próxima de sua casa para agendar a visita da equipe para a aplicação da vacina.

 

Mais informações podem ser obtidas na coordenação do setor de Imunização do município, pelo do telefone 3423-7084.

 

 

Confira como está a cobertura vacinal dos grupos prioritários:

Grupo prioritário

População a ser vacinada

Doses aplicadas

Porcentagem de cobertura

Crianças

4.996

3.210

64,25%

Gestantes

952

636

66,81%

Puérperas

156

132

84,62%

Idosos

11.112

9.227

83,04%

Professores ativos

1.519

1.083

71,30%

Trabalhadores da Saúde

2.329

2.112

90,68%

Total

21.064

16.405

77,88%

 

 



© COPYRIGHT 2017 - CNPJ: 76.977.768/0001-81 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.