Boa ação da Guarda Municipal repercute nas redes sociais
CATEGORIA: PATRIMÔNIO PÚBLICO E TRÂNSITO - 18 DE ABRIL 2018

  176
Boa ação da Guarda Municipal repercute nas redes sociais

A sociedade brasileira vive tempos difíceis. Impulsionados pela falta de paciência com políticos e a facilidade de discussão através das redes sociais, se tornou cada vez mais rara as aparições de boas ações. Em Paranavaí, uma generosa atitude de um Guarda Municipal chamou a atenção e ganhou notoriedade na cidade graças a um vídeo divulgado nas redes sociais.

 

Ao perceber que um senhor de aproximadamente 70 anos estava com dificuldade para atravessar a rua, os guardas municipais Leonardo Santos Salles e Edson Luciano dos Santos Moreira agiram rápido. Enquanto Moreira sinalizou o trânsito, Salles se dirigiu até o senhor para ajudá-lo a atravessar a via com segurança.

 

O que eles não sabiam é que um morador acompanhava toda a ação e filmou tudo com um celular. O autor do vídeo, João Lopes, trabalha em um estabelecimento de troca de óleo em frente à Praça Brasil e achou o gesto tão nobre que resolveu divulgá-lo nas redes sociais. “Não foi a primeira vez que vi um Guarda Municipal ter essa atitude, mas foi a primeira que consegui gravar e disseminar o vídeo. Eu participo de mais de 100 grupos de WhatsApp e resolvi compartilhar com todas essas pessoas”, contou.

 

No vídeo, João Lopes incentiva outras pessoas a terem a mesma atitude que os guardas tiveram e ele explica o motivo. “Boas atitudes vão nos ajudar a construir uma sociedade melhor. Além do mais, nós não sabemos o dia de amanhã, pode ser que um de nós passe por uma situação parecida e precise de ajuda. Passei na pele por um caso parecido, pois meu pai ficou doente e constantemente precisava de apoio”, disse.

 

Admirado com a repercussão, o guarda Salles disse que ações como a de ontem são comuns no dia-a-dia da corporação. “Essa mesma situação havia acontecido na última sexta-feira com o mesmo senhor nos arredores da Praça Brasil. Ele nos informou que mora no distrito do Sumaré e vem até o centro para fazer tratamento no CAPS. Por ter problema em uma das pernas, ele tem dificuldade de se locomover”, explicou Salles.

 

Perguntado se a repercussão se deu pelo fato de ser um Guarda Municipal, Salles disse que não. “Acredito que a população se sente protegida ao saber que estamos fazendo nossas rondas de trabalho diariamente e também estamos atentos a outras situações. Não é pela farda, mas sim pela atitude”, afirmou.

 

 

Galeria de Fotos





© COPYRIGHT 2017 - CNPJ: 76.977.768/0001-81 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.