Número de mortes no trânsito de Paranavaí caiu 78% em 2017
CATEGORIA: PATRIMÔNIO PÚBLICO E TRÂNSITO - 31 DE JANEIRO 2018

  418
Número de mortes no trânsito de Paranavaí caiu 78% em 2017

Um levantamento feito pela Polícia Militar mostra que o número de mortes causadas por acidentes de trânsito em Paranavaí diminui 78% no ano passado. Em 2016 foram registradas 9 mortes no trânsito da cidade, enquanto em 2017 foram apenas duas.

 

“O número de acidentes de trânsito no perímetro urbano foi maior no ano passado: foram 933 acidentes registrados pela Polícia Militar, enquanto que em 2016 foram 907. Mas apesar do maior número de acidentes, houve uma diminuição considerável na gravidade dos ferimentos e no número de mortes causadas no trânsito. Isso mostra que algumas ações de fiscalização e conscientização que temos feito, estão dando resultado positivo”, avalia o secretário de Segurança e Trânsito, Heron Radke.

 

Em 2017, a Secretaria de Segurança e Trânsito intensificou as ações de fiscalização, especialmente na região central e nas principais avenidas da cidade. “Entendemos que o maior número de acidentes de trânsito se concentra nas vias de grande fluxo de veículos e também nas avenidas, já que os motoristas acreditam que podem andar em velocidades mais altas por serem vias mais largas e rápidas. Por isso, aumentamos o número de ações de fiscalização, além de realizar constantemente blitz educativas para motoristas e pedestres (durante e também fora do período da Campanha do Maio Amarelo)”, destaca.

 

Para Heron, outras duas ações fundamentais para garantir que os motoristas respeitem as leis de trânsito foi a instalação de equipamentos eletrônicos de fiscalização, como os controladores de avanço de sinal (furões) nos cruzamentos da Heitor de Alencar Furtado com a Ettore Giovine, em frente à rodoviária, e da Luiz Spigolon com a Pernambuco. “As pessoas começam a prestar mais atenção, a tomar mais cuidado para evitar multas e, com isso, acabam sendo mais cuidadosos no trânsito como um todo. E, apesar de não ter a simpatia de muitos motoristas, o radar móvel também contribuía para a fiscalização, especialmente porque fizemos um estudo dos pontos com maior número de acidentes e procurávamos variar o radar móvel para estes locais”, explica.

 

Para este ano, a ideia do secretário é investir mais em ações de educação no trânsito, com palestras nas escolas, empresas, blitz educativas constantes e a instalação de mais equipamento eletrônicos de fiscalização. “A previsão é de que nos próximos 60 dias já estejamos com 10 controladores de avanço de sinal em Paranavaí. Também já estamos finalizando os estudos para a instalação de radares fixos em alguns pontos. Tudo isso deve colaborar para diminuirmos ainda mais o número de acidentes e de mortes no trânsito de Paranavaí”, finaliza Heron.

 

 

Confira as vias com maior número de acidentes registrados em 2017:

- Avenida Deputado Heitor de Alencar Furtado – 109 acidentes

- Avenida Presidente Tancredo Neves – 50 acidentes

- Rua Manoel Ribas – 48 acidentes

- Rua Pernambuco – 45 acidentes

- Rua Souza Naves – 41 acidentes

- Avenida Distrito Federal – 41 acidentes

- Rua Antônio Felipe – 39 acidentes

- Avenida Paraná – 35 acidentes

- Rua Guaporé – 24 acidentes

- Rua Luiz Spigolon – 24 acidentes

- Avenida Rio Grande do Norte – 24 acidentes

- Rua Marechal Cândido Rondon – 23 acidentes

- Rua Getúlio Vargas – 23 acidentes

- Avenida Martin Luther King – 23 acidentes

- Rua Éttore Giovine – 22 acidentes

- Avenida Euclides da Cunha – 20 acidentes

 

 



© COPYRIGHT 2017 - CNPJ: 76.977.768/0001-81 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.