Melhorias na segurança pública e trânsito foram destaques em 2017
CATEGORIA: PATRIMÔNIO PÚBLICO E TRÂNSITO - 09 DE JANEIRO 2018

  441
Melhorias na segurança pública e trânsito foram destaques em 2017

A Secretaria de Proteção à Vida, Patrimônio Público e Trânsito teve um ano de muito trabalho para organizar a Guarda Municipal, melhorar o trânsito e reativar as câmeras de videomonitoramento em Paranavaí. Já projetando avanços para os próximos anos, a secretaria avalia que 2017 foi um ano positivo.

 

Uma das primeiras medidas foi dar a manutenção necessária às câmeras de videomonitoramento, que logo no início do ano voltaram a funcionar. Foram reativadas e espalhas pela cidade em pontos estratégicos 21 câmeras. As imagens são transmitidas em tempo real para a sede da Guarda Municipal de Paranavaí e para o 8º Batalhão de Polícia Militar, possibilitando o direcionamento de viaturas para situações suspeitas, captadas pelos equipamentos.

 

“A grande vantagem desse moderno equipamento é que eles realizam a gravação e registro dessas imagens, possibilitando o auxílio à Polícia Civil na elucidação de crimes que por ventura ocorram nas imediações da região em que estão instaladas. É um equipamento que tem grande importância, por isso, tratamos como uma prioridade e resolvemos esse problema com rapidez”, afirma o secretário Heron Radke.

 

Uma das prioridades da secretaria foi capacitar os Guardas Municipais para o melhor atendimento à população de Paranavaí. Para isso, foram realizadas diversas instruções e a adoção de padrões para o trabalho operacional. “Entre os treinamentos destacam-se técnicas de abordagem, conduta de patrulha e PB’s (Ponto Base), uso de materiais e técnicas não letais, que resultaram na redução expressiva de atos de vandalismo e crimes contra o Patrimônio Público Municipal, além de otimizar o trabalho de manutenção da ordem pública da cidade”, enfatiza.

 

A evolução da Guarda Municipal ao longo do ano de 2017 fica evidente pelos dados estatísticos. Foram 1.563 ocorrências atendidas durante todo o ano, com as regiões de maior incidência sendo o Centro (170) e o Jardim São Jorge (98). Os tipos de atendimentos mais comuns da Guarda foram: autos de infração de trânsito (897), ordens de serviços cumpridas (240), abordagens a suspeitos (227) e apoio a órgãos públicos e instituições (113). Além desses números, a Guarda Municipal também registrou 177 flagrantes, 149 pessoas detidas e 28 menores apreendidos.

 

Outros dois números do relatório justificam uma das ações mais importantes da secretaria neste ano: a compra de armas não letais para a Guarda. Durante todo o ano, foram registradas 33 ocorrências for desacato e 42 por ameaça. “A compra das armas não letais foi uma grande conquista. O equipamento é um dispositivo elétrico incapacitante que garante aos Guardas Municipais e à população maior segurança no patrulhamento e abordagens realizados em Paranavaí. Essa ação proporcionou maior segurança à população, já que ampliou a possibilidade de atuação dos Guardas diante de infratores ou causadores de eventos críticos, considerando que a imobilização temporária a estes indivíduos não lhe causam grandes prejuízos físicos ou psicológicos”, explica Heron.

 

Fim do radar móvel – Um compromisso assumido da secretaria foi a retirada do radar móvel das ruas de Paranavaí. O secretário garante que a partir do dia 30 de janeiro ele não será mais utilizado. “Nós vamos cumprir com o que foi prometido e retirar o radar móvel, mas já instalamos dois controladores de avanço de sinal nos pontos com maiores índices de acidentes na cidade. Precisamos garantir a segurança dos cidadãos e fiscalizar possíveis infrações e para isso temos os controladores. Além dos dois já instalados, outros oito serão colocados em alguns pontos estratégicos da cidade”, garante Heron.

 

Novas credenciais para idosos e deficientes – A secretaria também realizou algumas mudanças no método de credenciamento para vagas especiais para idosos e portadores de necessidades especiais (deficientes) para dar mais segurança aos beneficiários e também evitar falsificações e fraudes.

 

Agora, todas as credenciais emitidas pela Ditran possuem uma chancela (selo) que valida o documento como oficial. Outra mudança está relacionada às cores, que passaram a ser azul para portadores de necessidades especiais e amarelo para idosos. Além disso, o prazo de validade da credencial para idosos subiu de um para dois anos e, para deficientes, dependendo de cada caso, a variação é de um a dois anos de validade. Atualmente Paranavaí tem 252 deficientes e 2.240 idosos credenciados. Para fazer o pedido de credenciamento, basta ir até a Prefeitura e fazer um pedido no protocolo.

 

Sistema binário – A implantação do sistema binário se mostrou benéfica para melhorar o trânsito de Paranavaí. Durante o ano de 2017, a secretaria alterou o sentido de seis ruas e melhorou o tráfego da cidade. As mudanças foram: Rua Amazonas e Rua José de Matos Filho; Rua Chozo Kamitami e Rua Dr. Silvio Meira de Sá Bezerra; e Rua Antônio Felipe e Rua Bahia.

 

“O sistema binário é importante para melhorar o fluxo de carros, motos e, além disso, dar mais segurança aos pedestres. Além de mudar o sentido das ruas, também compramos 660 placas de sinalização. Substituímos as placas mais danificadas pela ação de vândalos, bem como a instalação de novas placas conforme a demanda existente visando à melhoria na segurança do trânsito”, destaca.

 

Sinalização viária (pintura mecanizada) – A secretaria executou em 2017 a pintura das faixas de sinalização viária dos trechos que tiveram o asfalto recuperado em diversos pontos da cidade. No total, foram mais de 30 mil m² de sinalização executadas nas ruas de Paranavaí para deixar a cidade bonita e segura. “Não basta apenas acabar com os buracos da rua, por isso, investimos na sinalização viária, pois sabemos da importância de uma via bem sinalizada. Agora, as ruas que foram reperfiladas podem ser transitadas com tranquilidade pela população”, frisa.

 

Planejamento para 2018 – Para este ano, o secretário afirma que já existem algumas novidades. “Queremos iniciar um projeto de educação no trânsito em parceria com as escolas. Já estamos estudando a viabilidade, os custos e o que vamos precisar para colocar isso em prática. Também estamos providenciando melhorias na estrutura da Diretoria de Trânsito (Ditran) com a criação de uma Central Operacional do Trânsito para melhorar o atendimento à população de Paranavaí. A frota da cidade conta com mais de 62 mil veículos e, por isso, precisamos modernizar a estrutura operacional para garantir mais segurança e mobilidade ao trânsito”, finalizou o secretário Heron Radke.

 

 

Galeria de Fotos





© COPYRIGHT 2017 - CNPJ: 76.977.768/0001-81 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.