Darlan: "2017 foi o ano de planejar. A partir de 2018 começamos a executar"
CATEGORIA: DESENVOLVIMENTO URBANO - 03 DE JANEIRO 2018

  539
Darlan: "2017 foi o ano de planejar. A partir de 2018 começamos a executar"

A Secretaria de Desenvolvimento Urbano é a responsável por planejar o desenvolvimento da cidade e projetar as obras que precisam ser executadas em Paranavaí. Para o arquiteto e urbanista Darlan Alves, responsável pela pasta, esse ano será diferente. “2017 foi o ano de planejar. 2018 será o ano para executar. Vamos começar a tirar os projetos do papel e transformar nossa cidade”.

 

Para Darlan, a quantidade de obras em Paranavaí nos próximos anos vai surpreender a população. “O ritmo de trabalho foi intenso e o resultado é que conseguimos planejar em um ano o desenvolvimento da cidade para a próxima década. Projetamos o Centro Administrativo, as reformas do Parque Ouro Branco e Praça da Xícara, a construção do Complexo Esportivo do Jardim Morumbi, a duplicação da rodovia de acesso aos novos conjuntos, a pavimentação dos jardins Jequitibá e Vista Alegre e a nova entrada da cidade pela Rua Rio Grande do Sul. Paranavaí vai entrar em um período de grandes mudanças”.

 

Para ajudar a solucionar o problema do asfalto de Paranavaí, a secretaria conseguiu negociar, em parceria com algumas empresas, a criação do aplicativo do asfalto, que mapeia a situação do asfalto da cidade e facilita o trabalho dos agentes de campo da Prefeitura na hora de identificar a situação de cada rua. “Com um mapeamento completo das ruas da cidade, será possível identificar a qualidade do asfalto, os locais que mais precisam de um serviço de recuperação e todos os dados referentes à obra como o valor do contrato, a empresa que executou o serviço e o prazo de garantia”, disse Darlan.

 

Além do aplicativo, a Prefeitura também está fiscalizando a qualidade do asfalto em parceria com a Unipar. As amostras são levadas para o laboratório onde é feita uma análise. “Se o asfalto identificado for de baixa qualidade, notificamos as empresas para que o serviço seja refeito”, explica Darlan.

 

Centro Administrativo – A iniciativa ousada e moderna de criar um Centro Administrativo em Paranavaí impressionou. Com a certeza de que a duplicação da BR-376 vai proporcionar novas oportunidades à cidade, a Prefeitura comprou a ideia de reunir todos os prédios públicos em apenas um lugar.

 

“Esse é um projeto que vai favorecer todos os cidadãos da cidade. O impacto na vida das pessoas será imediato e vai trazer muito desenvolvimento para a região do Jardim Oásis, que tem muito espaço para crescimento. E ao contrário do que vinha sendo feito, não vamos apenas criar os prédios, mas também dar as condições necessárias. A nova entrada da cidade pela Rua Rio Grande do Sul com ciclovia e passeio público vai facilitar o acesso de todos”, ressaltou.

 

Ainda sobre o Centro Administrativo, Darlan esclarece como será o processo. “O projeto escolhido para construção do prédio da Prefeitura e da Câmara de Vereadores será feito através de um concurso nacional, que está sendo conduzido pelo Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB). O processo já está em andamento e nossa previsão é de que no início do segundo semestre teremos um resultado”.

 

Áreas de lazer – Um dos principais pedidos da população com a chegada da administração do prefeito KIQ é a criação de novas áreas de lazer. Ciente de que essa é uma necessidade de Paranavaí, a secretaria projetou construções e reformas de parques por toda a cidade.

 

“O nosso objetivo é construir pelo menos um parque com lago em Paranavaí durante este mandato. É uma grande carência da cidade que precisa ser sanada. Temos um projeto para construir o Parque Cívico, que ficará ao lado da nova entrada da cidade, na Rua Rio Grande do Sul, com uma área bem arborizada, passeio público, ciclovia, pista de caminhada e um lago. Com certeza se tornará um ponto extremamente frequentado pela população”, garante Darlan.

 

Além desse, outros projetos de lazer também estão sendo feitos pela secretaria. “As reformas da Praça da Xícara e Parque Ouro Branco já estão certas. São locais antigos que precisam de uma revitalização e em breve estarão à disposição da população. Também estamos trabalhando com a possibilidade de construir parques em alguns bairros, e já temos certos dois complexos esportivos, possivelmente nos Três Conjuntos e Vila Operária. Algumas dessas obras devem sair ainda este ano”, disse Darlan.

 

Aprova Fácil – Desde o início do ano, a secretaria percebeu a dificuldade para aprovação de projetos na Prefeitura. Hoje, o trâmite do processo consiste na elaboração de um projeto e a entrega do mesmo impresso. Gerado um protocolo com o pagamento das taxas, o projeto é conduzido para a secretaria para ser analisado e corrigido. Depois de fazer as mudanças indicadas pela Prefeitura, a pessoa precisa mais uma vez mandar o projeto e, se aprovado, entregar cópias originais de documentos para que a obra possa ser iniciada. É muita burocracia.

 

Para acabar com esse longo processo que demora em média 90 dias, a Prefeitura quer desburocratizar a liberação de alvarás através de um sistema online. “Queremos facilitar o processo. A liberação de Alvará, por exemplo, atualmente pode demorar até 90 dias. Com o Aprova Fácil através de uma plataforma eletrônica, nossa expectativa é que projetos sejam aprovados em até 30 dias de trâmite. O sistema nos permite fazer análises de maneira segura e a troca de informações é muito mais rápida”, explicou.

 

Restaurante Popular – No fim de 2017, Darlan esteve com o prefeito KIQ na Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Paraná (SEAB) para discutir a liberação da construção do Restaurante Popular. Segundo o secretário, a vinda do restaurante já está assegurada, agora basta vencer os trâmites burocráticos. “Eles garantiram que o projeto de Paranavaí vai ser contemplado. Não possuímos uma data certa, mas há uma boa chance de sair ainda neste primeiro semestre. Estamos fazendo as correções que foram solicitadas e depois disso precisamos apenas aguardar a liberação”.

 

Duplicação da Rua Guaporé e reforma do Aeroporto – Ainda não há recursos garantidos para a execução dessas duas obras e a secretaria de Desenvolvimento Urbano ainda está finalizando os projetos. “Depois que finalizarmos, vamos atrás dos recursos, mas já temos algumas negociações. A situação da Rua Guaporé é uma das nossas prioridades, pois sabemos que esse é um antigo problema daquela região. Já o aeroporto é um trabalho mais complexo, mas que também está sendo levado muito a sério pela Prefeitura”, finaliza Darlan.

 

 

Galeria de Fotos





© COPYRIGHT 2017 - CNPJ: 76.977.768/0001-81 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.