Assistência Social comemora avanços em 2017
CATEGORIA: ASSISTÊNCIA SOCIAL - 07 DE DEZEMBRO 2017

  62
Assistência Social comemora avanços em 2017

Hoje, dia nacional da Assistência Social, a secretaria de Paranavaí comemora a qualidade nos atendimentos e os avanços conquistados este ano. Nós conversamos com a secretária Tasiane Cristina de Souza, para falar sobre os trabalhos feitos em 2017.

 

Os atendimentos da secretaria estão divididos entre proteção básica e proteção especial. O primeiro é o trabalho preventivo e trata de dar o suporte necessário para pessoas que enfrentam problemas de desemprego, saúde e educação através de atendimentos nos Centros de Referências de Assistência Social (CRAS). Atualmente, Paranavaí possui cinco CRAS: Moema, Zona Leste, Jardim Maringá, Vila Operária e Jardim São Jorge.

 

“Mensalmente nós temos quase 3.500 atendimentos nos CRAS, dando uma média de aproximadamente 700 por unidade. São fatos pontuais atendidos pelos nossos assistentes sociais, que vão averiguar as condições em cada situação. Para este ano, estabelecemos um plano de metas para cada caso, assim, conseguimos fazer um acompanhamento melhor”, afirmou a secretária.

 

Já a proteção especial trata de casos de alta complexidade (casos que já ultrapassaram a prevenção) como violência e maus tratos e são atendidos no Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS). “Por mês, são mais de 200 atendimentos para crianças, idosos e mulheres vítimas de violência. É um trabalho específico e de grande dificuldade, que demanda profissionais de qualidade. Temos trabalhado a cada dia para qualificar os nossos servidores, tanto que já fizemos algumas capacitações”, disse Tasiane.

 

Outro programa de grande importância para o município e que também tem data comemorativa no dia 07 de dezembro é o Bolsa Família, do Governo Federal. Em Paranavaí, são 2.645 famílias beneficiadas, aproximadamente 8% da população. “Nós recebemos em média R$ 380 mil por mês exclusivamente para aplicação neste programa. Por ano, esse valor ultrapassa a marca de R$ 4,5 milhões. Temos muitas famílias que atendem os critérios necessários e precisam ser atendidas pela nossa secretaria. É um trabalho diário e que parte da população não consegue dimensionar a importância desse serviço”, ressaltou.

 

Porém, o programa com maior número de famílias inseridas é o CadÚnico (Cadastro Único), com 9.609 cadastros. É a partir desse programa que a população consegue ter acesso às vagas de creches, cestas básicas, programas como o Leite das Crianças, Água Solidária e programas habitacionais, segundo Tasiane. “Para concedermos um benefício são necessárias diversas avaliações, mas sempre com o foco voltado a superação de situações de vulnerabilidade, pois esse é um direito de todo cidadão”.

 

Para a secretária, a qualificação profissional e a diferenciação dos atendimentos podem ser consideradas grandes avanços conquistados pelo município. “Existe uma diferença entre atendimentos pontuais e acompanhamentos específicos, que antes não eram bem divididos. Trabalhamos com uma política pública de garantia de direitos e precisamos entender especificamente cada caso. Estamos apenas no começo e acredito que com o tempo vamos alcançar bons resultados e garantir que a assistência social vai atender cada cidadão conforme a necessidade”, finalizou a secretária.

 

 



© COPYRIGHT 2017 - CNPJ: 76.977.768/0001-81 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.