Educação retoma programa de Xadrez nas escolas municipais
CATEGORIA: EDUCAÇÃO - 05 DE SETEMBRO 2017

  151
Educação retoma programa de Xadrez nas escolas municipais

A Secretaria Municipal de Educação está retomando, a partir deste mês de setembro, o programa de ensino de xadrez em todas as escolas municipais. O programa estava suspenso desde 2009 e, depois da realização de uma licitação para a contratação de uma empresa especializada em gestão esportiva, aproximadamente 6 mil alunos da rede municipal de ensino (do Jardim I ao 5º ano), estão começando a ter as aulas de xadrez pelo menos uma vez por semana. A primeira aula aconteceu nesta terça-feira (5) na Escola Municipal Cecília Meireles.

 

“Logo que assumimos a gestão da Educação no município, um dos pedidos feitos pelas diretoras era para que buscássemos trazer novamente o ensino do xadrez nas escolas, porque elas entendem os benefícios da modalidade para os nossos alunos. Não é simplesmente para as crianças aprenderem mais um jogo, mas porque o cérebro aprende a fazer conexões para estimular a atenção e a concentração, ajudando a melhorar o raciocínio matemático, a leitura e o desenvolvimento integral na escola”, destacou a secretária de Educação, Adélia Paixão.

 

Segundo uma pesquisa apresentada pela secretária, a prática do xadrez traz pelo menos dez grandes benefícios para a saúde: promove o desenvolvimento cerebral; exercita os dois lados do cérebro; aumento o QI; ajuda a prevenir o Alzheimer; aguça a criatividade; melhora a capacidade de resolver problemas; ensina planejamento e melhora a tomada de decisão; melhora as habilidades de leitura; otimiza a melhoria da memória; e acelera a recuperação de AVC (Acidente Vascular Cerebral).

 

Com a realização da licitação, uma das garantias de um melhor aprendizado para os alunos é de que todos os professores contratados têm formação específica e no mínimo graduação em Educação Física para darem as aulas.

 

 

Galeria de Fotos





© COPYRIGHT 2017 - CNPJ: 76.977.768/0001-81 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.