Feira de serviços bate recorde em Paranavaí
CATEGORIA: DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E TURISMO - 16 DE JULHO 2017

  104
Feira de serviços bate recorde em Paranavaí

Foram três dias de evento em Paranavaí e 1.214 carteiras de identidade emitidas. Só na quarta-feira (12), primeiro dia em Paranavaí e com atendimento exclusivo ao público do Programa Criança e Adolescente Protegidos, foram realizados mais de dois mil atendimentos e feitos 415 RGs. 

"A cada evento estamos aumentando um pouco a produção de documentos, atendendo ao pedido do secretário Artagão Júnior que fez vários esforços para ampliar esse número. Antes, eram feitas cerca de 500 carteiras de identidade por evento. Já conseguimos mais que o dobro", comentou Elias Gandour, coordenador geral da Secretaria da Justiça, Trabalho e Direitos Humanos. 

A confecção de documentos é uma parceria entre a Seju e o Instituto de Identificação do Paraná. "Quando órgãos do estado se juntam para atender a população, principalmente a população mais vulnerável, sempre geram bons frutos.  Estamos proporcionando cidadania para essas pessoas e diminuindo o número de paranaenses sem o documento de identificação" avaliou Maurício Lopes, vice-diretor do Instituto de Identificação do Paraná.

Crianças e adolescentes fizeram exames oftalmológicos graças à parceria da Secretaria da Justiça, Trabalho e Direitos Humanos, com o Tribunal de Justiça do Paraná; o Instituto de Identificação; a Associação Paranaense de Oftalmologia; o Conselho Brasileiro de Oftalmologia; e a Secretaria da Educação e Segurança Pública. 

Ao todo foram feitos 174 exames nesta quarta-feira. "Tivemos 68 crianças que foram examinadas pelos médicos da Associação Paranaense de Oftalmologia e foram encaminhadas para exames mais complexos porque apresentaram algum tipo de alteração", explicou Regina Bley, diretora do Departamento de Direitos Humanos e Cidadania, da Seju.

PARCERIAS - E são vários parceiros que fazem o Paraná Cidadão. A Prefeitura de Paranavaí ofereceu o espaço, a alimentação para quem trabalhou no evento, fotografia e impressão de fotos 3x4 para confecção de Carteira de Identidade,  atendimento jurídico,  assistência social, ações de saúde, educacionais, culturais e recreativas.  

"É unindo esforços que a gente consegue fazer a diferença na vida das pessoas. E esse é o objetivo do governador Beto Richa, colocar a estrutura do Estado mais perto da população. Só este ano o Paraná Cidadão já fez mais de 80 mil atendimentos", afirmou o secretário de Estado da Justiça, Artagão Júnior.

Cerca de 40 serviços foram oferecidos às mais de 6 mil pessoas que passaram  pelo Centro de Eventos Armando Trindade Fonseca. 

Rosemeire Lopes de Paula fez a inscrição no Programa Nota Paraná. A dona de casa elogiou o evento. "Eu vim nos dois dias. É muito legal, muito importante ter vários serviços assim reunidos, à disposição da população", avaliou a dona de casa.

O evento foi também uma oportunidade para os artesãos de Paranavaí. Miriam Cristiane da Silva fez a carteira de identidade, da filha, fez o cartão da Nota Paraná, fez massagem e  limpeza de pele (oferecidos pela Universidade Paranaense - Unipar). 

Tudo isso enquanto expunha os produtos que confecciona. "É um espaço muito bacana porque tem muita gente e mesmo que a pessoa não compre, ela leva um cartãozinho, conhece o nosso trabalho", avaliou Miriam. 

O PROGRAMA - O Paraná Cidadão agradou os públicos das mais variadas idades. Maria Júlia Ruiz Pereira, de 11 anos, fez a carteira de identidade. Mas pra ela isso não foi o mais interessante. "Eu brinquei um monte, muito mesmo e participei de um curso de fazer chaveirinho", contou a menina, que avaliou o evento como "legal e divertido".  O curso que a Maria Júlia participou foi oferecido pela Fecomércio.

Outra novidade foi o Curso do Idoso, oferecido pela Celepar, que já é parceira do evento, fornecendo computadores e cuidando de toda a parte de informática. Durante o curso, os idosos tiveram aulas sobre como usar um smartphone. Maria de Lurdes Oliveira, de 73 anos, aprovou a aula.
 

Fonte: Secretaria da Justiça, Trabalho e Direitos Humanos.



© COPYRIGHT 2017 - CNPJ: 76.977.768/0001-81 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.