LIRA aponta 0,3% de infestação do Aedes Aegypti em Paranavaí
CATEGORIA: SAÚDE - 14 DE JULHO 2017

  54
LIRA aponta 0,3% de infestação do Aedes Aegypti em Paranavaí

A Vigilância em Saúde finalizou hoje o Levantamento de Índice Rápido para Aedes Aegypti (LIRA). Com situação de baixo risco, a infestação por larvas do mosquito que transmite a dengue, zika vírus e febre chikungunya ficou em 0,3%. Isso significa que de cada 1.000 imóveis vistoriados, em apenas três foram encontrados focos de dengue.

 

O índice ficou abaixo do máximo tolerável pelo Ministério da Saúde, que é 1%. Porém, segundo o assessor da Vigilância em Saúde, Randal Fadel Filho, parte desse resultado se deve à baixa quantidade de chuvas na cidade. “Estamos em um período de pouca chuva, por isso o resultado foi baixo. Mesmo assim, alertamos a população, pois nos meses de agosto e setembro teremos muita chuva e o cuidado preciso ser redobrado”.

 

É importante salientar que o índice vem baixando desde o começo do ano. Em janeiro, o 1º LIRA feito pela Vigilância em Saúde apontou um médio risco de infestação, com índice de 3,1%. “Felizmente, conseguimos diminuir os índices, mas só teremos resultado positivo se conseguirmos manter a população em alerta”, afirmou Randal.

 

Para mante o LIRA baixo e a população livre do mosquito da dengue, a Vigilância em Saúde reforça os cuidados que cada pessoa precisa ter em seu imóvel: limpar o quintal para que a água não se acumule em qualquer tipo de objeto, descartar o lixo orgânico e os materiais recicláveis corretamente e não jogar resíduos sólidos em terrenos vazios.

 

Foram visitados 2.149 imóveis entre os dias 10 e 14 deste mês.



© COPYRIGHT 2017 - CNPJ: 76.977.768/0001-81 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.