Município apoio proposta de Parque Tecnológico de Agroinovação em Paranavaí
CATEGORIA: AGRICULTURA - 10 DE ABRIL 2017

  96
Município apoio proposta de Parque Tecnológico de Agroinovação em Paranavaí

O prefeito Carlos Henrique Rossato Gomes (Delegado KIQ) recebeu nesta segunda-feira representantes de uma comissão que está movimentando a cidade com um projeto inovador: o Parque Tecnológico de Agroinovação do Noroeste do Paraná. A ideia apresentada pelo Instituto Agronômico do Paraná é trabalhar com foco na mandiocultura, na citricultura e na pecuária de corte, que são as vocações produtivas da região.

 

“O Parque Tecnológico é um projeto imobiliário e urbanístico de alto nível, mas acima de tudo é um habitat de inovação onde se reúnem universidades, empresas de tecnologia, centros de pesquisa e diversos outros serviços e facilidades, que aceleram o desenvolvimento tecnológico, a geração e atração de empresas, com excelentes impactos no desenvolvimento econômico, social e ambiental de toda a região. Fizemos algumas reuniões com as principais instituições públicas, privadas e acadêmicas da cidade e região, e recebemos apoio unânime e o apoio da administração municipal é fundamental para o desenvolvimento desta proposta”, enfatizou o diretor de Inovação do IAPAR, Tadeu Felismino.

 

Para o prefeito KIQ, “só por ser uma proposta de reconhecimento do potencial e de desenvolvimento tecnológico da região, certamente já é um projeto que o município apoia. Além disso, é só pensar na possibilidade de criação de novas empresas e empregos de alto valor agregado para ver que o Parque Tecnológico tem tudo para dar certo”, elogiou.

 

Política de Estado – Elaborada no contexto da nova política estadual de Parques Tecnológicos, lançada pelo governador Beto Richa em 2016 e coordenada pelas Secretarias da Ciência e Tecnologia e da Fazenda, a proposta prevê a implantação do Parque de Paranavaí em parte da área da Estação Experimental do IAPAR, na zona sul da cidade, conjugada com a área que era da Codapar e foi adquirida pela empresa Podium Alimentos. O espaço já conta com um edifício de 4.000 metros quadrados.

 

O próximo passo do movimento será a realização de um seminário de convergência, na primeira quinzena de maio, reunindo todos os atores regionais que possam ter interesse e contribuições à iniciativa, para formalizar o compromisso de todos em torno da proposta e definir a governança do processo. Simultaneamente, o IAPAR, que tem assento no Conselho Estadual de Parques Tecnológicos (Cepartec), iniciará a tramitação da proposta junto a esse órgão, coordenado pelas secretarias estaduais da Fazenda e da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Paraná, visando a captação de recursos para elaboração dos estudos e projetos necessários.

 

O secretário de Agricultura do município, Tarcísio Barbosa de Souza, a veterinária Cláudia Mendonça e o líderes do segmento empresarial da mandioca, Ivo Pierin Junior, também participaram da reunião de apresentação do Parque Tecnológico ao prefeito KIQ. (com informações do IAPAR)

 

 



© COPYRIGHT 2017 - CNPJ: 76.977.768/0001-81 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.