Plano de Mobilidade Urbana vai contemplar ações de melhoria no trânsito em Paranavaí
CATEGORIA: DESENVOLVIMENTO URBANO - 24 DE FEVEREIRO 2017

  602
Plano de Mobilidade Urbana vai contemplar ações de melhoria no trânsito em Paranavaí

Pensar no trânsito de Paranavaí pelos próximos anos. Essa é a preocupação da Prefeitura, que já começou a elaboração de um Plano de Mobilidade Urbana para a cidade. O projeto é um grande planejamento de trânsito, que contempla ações nas vias para melhorar o fluxo de carros, a implantação de semáforos e radares fixos, além de segurança nas faixas de pedestres.

 

O plano é uma exigência do Governo Federal. A Lei 12.587/2012 determina que toda cidade com mais de 20 mil habitantes deve ter o seu Plano de Mobilidade Urbana definido. Os municípios têm até 2019 para colocar esse plano em prática. Mas Paranavaí se antecipou a esse prazo e já começou os estudos.

 

Uma das primeiras ações foi instalar uma câmera de monitoramento de avanço de sinal em uma das vias de grande fluxo de veículos. Foram 30 dias de testes. E o resultado mostra que muita gente ainda não respeita as leis de trânsito: todos os dias, pelo menos 25 motoristas avançaram o sinal vermelho.

 

Para o engenheiro da secretaria de Desenvolvimento Urbano, Cássio Peron, é preciso ter mecanismos que ajudem a controlar as infrações de trânsito. “O radar é realidade em todas as cidades de porte médio e grande. É um mecanismo funcional para conter acidentes e melhorar a segurança da população. Visa dar segurança aos usuários das vias, principalmente aos pedestres, por isso a importância de reduzirmos a velocidade de tráfego nas vias coletoras e arteriais, que são as ruas de ligação entre os bairros”, afirmou.

 

Enquanto o Plano de Mobilidade não estiver pronto, o contrato do radar será renovado. “Como a frota de veículos em Paranavaí cresceu muito nos últimos anos, não é viável ficar sem radar, portanto, vamos renovar o contrato com o radar móvel por um curto período de tempo. Sei que tenho um compromisso com a população de tirar o radar móvel das ruas, e mantenho aqui a minha palavra. Na campanha, não dei prazo para isso se concretizar, mas reafirmo que vamos acabar com o radar móvel. Porém, precisamos mantê-lo enquanto não tivermos algo concreto e em pleno funcionamento”, disse o prefeito KIQ.

 

Segundo o assessor da Diretoria de Trânsito (Ditran), Gabriel Luiz, “já na primeira semana de mandato, o prefeito KIQ visitou a Secretaria e pediu que acabássemos com o radar. Fizemos uma reunião com os técnicos responsáveis e foi explicada a importância dele enquanto não temos os radares fixos. O prefeito atendeu ao pedido da Secretaria e decidiu mantê-lo, porém, com a garantia de que o Plano de Mobilidade Urbana contemple a extinção dos radares móveis”, enfatizou.

 

Segundo o diretor da Ditran, Rogério Clemente, o radar móvel só vai operar nos pontos de trânsito onde foi constatado grande número de acidentes. E os locais serão sinalizados com placas de aviso. “Queremos que os motoristas criem o hábito de andar dentro dos limites de velocidade em todas as vias do município. Mas enquanto houver pessoas que não respeitam as leis de trânsito, é necessário ter rigor na fiscalização para que todos respeitem os limites e não coloquem pessoas em risco. Precisamos ter o radar para ter mais segurança”, ressaltou.

 

 

Galeria de Fotos





© COPYRIGHT 2017 - CNPJ: 76.977.768/0001-81 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.